Páginas

5.3.12

Conhecendo a fronteira: Chipa

Nada melhor do que começar o dia com café e uma chipa quentinha. Uma receita tradicional paraguaia preparada com polvilho, óleo vegetal, queijo ralado, ovos e sal. Facilmente encontrada em Foz do Iguaçu devido à proximidade e a influência cultural do Paraguai. É semelhante ao pão de queijo mineiro, mas apresenta um sabor característico.


            
 
Curiosidade: Mais forte que a produção de ovos de chocolate, a tradição da chipa de páscoa, costuma reunir as famílias em torno da mesa durante a Semana Santa, representando uma das manifestações culturais mais fortes do Paraguai.

Desde os primórdios do cristianismo no país vizinho, a chipa está associada à época pascal. A tarefa de preparação envolve toda a família: pais, filhos, avós, tios, primos e amigos, cada qual, com sua tarefa pré-definida.

As mulheres ficam com a responsabilidade de preparar e amassar a massa, em formatos diversos, como animais, roscas, meia-lua ou figuras humanas. Os homens recebem a incumbência de cortar a lenha e esquentar o tatakuá (forno de barro). 
Fonte: Sopa Brasiguaia





Dica: Quando for a Ciudad del Leste, separe um tempo para saborear as deliciosas chipas. Recomendamos a Chipería Mi Abuela, que oferece uma variedade grande de sabores e também serve outros pratos típicos da culinária paraguaia.